quarta-feira, 11 de maio de 2011

Dez de maio

Eu acordei com os olhos pequenininhos e então escutei um som que vinha lá de fora, meio quieto, harmonioso mas triste, era o céu chorando por mim. Sim por mim e constantes eram as lágrimas que me acalmavam e assim dormi de novo sabendo que pelo menos o inalcançável me entendia naquele momento e além disso, esbanjava minha dor por cima de muita gente que nunca saberia que eu estava em cada gota daquela chuva.

e as vezes nossas fantasias não nos decepcionam no final, é bom acreditar no que não é tão verdade e melhorar.

Rafaela Schmitt.

Um comentário:

  1. Awwn muito perfeito teu blog . Parabéns *-*
    Seguindo ja.
    3bgs =**
    http://feeavila.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Gostou? Comenta!